05, abr, 2016

Teatro Facisa recebe ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega

3O Teatro Facisa recebe nesta quinta-feira, 07, a partir das 19h, o ex-ministro da Fazenda, economista paraibano Maílson da Nóbrega. O evento é uma promoção da Associação Comercial de Campina Grande (ACCG) e faz parte da programação que celebra os 90 anos da entidade empresarial.

Segundo o presidente da ACCG, Álvaro Barros, na palestra, o ex-ministro fará uma avaliação do momento atual da economia brasileira e de suas tendências nos próximos três anos. O paraibano também mostrará as conquistas do Brasil, que permitiram ao país a capacidade de resistir à crise em condições melhores do que no passado. Os avanços institucionais do país nas últimas décadas, também será pauta de sua apresentação.

Maílson da Nóbrega deverá apresentar ainda uma previsão de que o Brasil poderá experimentar um novo ciclo de desenvolvimento, com a substituição da liderança política em 2018.

Os interessados em assistir a palestra podem adquirir o convite na Secretaria da Associação Comercial ou no Teatro da Facisa, momentos antes do evento.

Perfil –  Maílson da Nóbrega tem uma importante trajetória na política e na economia brasileiras. Liderou os estudos que resultaram em profundas transformações institucionais, incluindo a criação da Secretaria do Tesouro Nacional, a extinção do Orçamento Monetário e a reestruturação das funções do Banco Central. Foi ministro da Fazenda entre janeiro de 1988 e março de 1990, um dos períodos mais difíceis da economia brasileira.

Restabeleceu as relações com a comunidade financeira internacional, depois da equivocada moratória da divida externa de 1987. Também consolidou as reformas que modernizaram institucionalmente as finanças públicas, que haviam começado em 1986, com base nos estudos que liderou. Depois de deixar o governo, passou a se dedicar às atividades de consultor. Passou a escrever semanal ou quinzenalmente colunas em veículos como os jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo e, posteriormente, a revista Veja. Publicou quatro livros. um sobre crédito rural, em 1985, “O Brasil em transformação”, uma coletânea de artigos, de 2001, “O futuro chegou”, de 2005, e “Muito além do feijão com arroz”, sua autobiografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *