01, abr, 2016

“ABBA The History” abre temporada 2016 de espetáculos no Teatro Facisa

1Por Fernanda Moura

Mesmo quem não vivenciou a efervescência musical dos anos setenta, provavelmente já ouviu, e até cantarolou um dos sucessos do ABBA. A banda sueca, que nasceu em 1969, arrastou multidões e embalou pessoas de várias idades com músicas que viraram febre, além de um estilo icônico e teatral que é referência até hoje.

Foi bebendo nesta fonte que nasceu o espetáculo ABBA The History – A Tribute Show. Com cantores e músicos brasileiros de Sorocaba, o show tem lotado palcos pelo Brasil e no exterior. Na noite desta sexta-feira, 01 de abril, no Teatro Facisa, não foi diferente. Diferentes gerações se uniram para prestigiar a apresentação, aprovadíssima por quem viu.

A produção traz os maiores clássicos como Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight), Mama Mia,Dancing Queen e The Winner Takes It All. A cantora Mari Moraes, que interpreta a 2Agnetha, contou um pouco sobre a preparação, para atingir o nível de perfeição que demonstram em cena. “Foi muito difícil, mas ao mesmo tempo prazeroso. Tivemos quatro meses de laboratório, assistindo a vídeos, documentários, o vídeo do ABBA The Histoty, que mostra os bastidores, toda aquela loucura que era fazer parte da banda e aí a gente ia observando tudo, a Agnetha por exemplo tem uns trejeitos especiais, como o modo de mexer a mão, de morder os lábios”, revelou.

Ela destacou a importância da interação com o público. “A gente sempre se mostra animado, e recebemos isso de volta de quem assiste, e sempre chamamos o público pra ferver junto com a gente” frisou. A abertura é feita com trechos de shows e vídeos sobre a banda original, para incentivar a interação, a produção permite que tudo seja fotografado e compartilhado. As canções são interpretadas com maestria pelo quarteto e banda. Para os fãs do ABBA, uma homenagem mais do que digna. “Espetáculo maravilhoso, superou as expectativas”, comentou o professor Ronaldo Meneses, coordenador do curso de Contrução de Edifícios da Facisa e fã dos suecos.

Outro integrante do quarteto cover, Jheff Saints, que no palco vive o pianista Benny, também comentou que interagir com a plateia é fundamental. “Nós nos preparamos muito para ficarmos o mais idêntico possível ao ABBA original, o show é interagido em inglês, mas de forma simples, que o público entenda. O auge dessa interação acontece quando convidamos o público para subir no palco, para interagir também”, disse.

Ao todo o espetáculo Abba The History – A Tribute Show tem 22 músicas, interpretadas por Diego Sena (Bjorn), Jheff Saints (Benny), Mari Moraes (Agnetha) e Patrícia Andrade (Anni-Frid ). O show já passou por mais de 200 cidades do Brasil e Chile. A banda que acompanha “The History” é formada por Davi Fernandes (direção musical e teclado), Glauco de Almeida (baixo), Cléber Soares (bateria) e Christian Coelho (guitarra).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *